28 agosto 2008

Lançamento de livro e editora Malagueta


Recebi um convite que é uma delícia!
Vou reproduzir NA ÍNTEGRA, porque o texto é das meninas da minha amada e paulistanérrima Rato de Livraria, e as meninas têm traquejo pra escrever -- e pra tocar uma livraria gostosíssima e cheia de novidades!
Eis que surge mais uma editora no mercado. Mas a Malagueta tem uma grande diferença: além da pimenta no nome, é uma editora de livros para mulheres que amam mulheres.
E o primeiro título vem da renomada autora Lúcia Facco, que agora se aventura pela fantasia para comentar como seria uma sociedade em que as mulheres tivessem poder.
Em comemoração ao
Dia da Visibilidade Lésbica, haverá a leitura dramática de trechos da obra por atrizes convidadas e a autora fará um bate-papo literário.
Apareça!
Sábado, dia 30 de agosto de 2008, a partir das 17 horas na Rato de Livraria
Rua do Paraíso, 790, próximo ao metrô Paraíso, São Paulo, fone 3569-7882
Não falei que era uma delícia?
Não vá perder, hein!

27 agosto 2008

Um olhar sobre o cotidiano da prisão


Feliz daquele cujas únicas grades que o cercam são da própria casa!

Não. Ninguém gosta de viver preso e é realmente terrível termos de lançar mão desses artifícios de segurança para nos protegermos.
Mas pense em quem está na prisão.
Tente ir além do estereótipo mediano de que o preso fez por merecer estar ali.
Pense no que é estar ali, privado de tudo, sujeito a muita coisa.
Pensou? Pois Simone Brandão foi além: clicou!

"Um olhar sobre o cotidiano da prisão", da citada fotógrafa, está em exposição na Central do Brasil, junto com alguns trabalhos artísticos de presos.
Promovida pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, a exposição fica até o dia 29/08 e está localizada no térreo, ao lado do MacDonald's.

Corre lá!

P.S.: a foto que ilujstra esta postagem, "Pelas grades", não faz parte da exposição; foi aqui posta apenas para ilustrar o trabalho da fotógrafa.

26 agosto 2008

Here she comes, our Thief of Hearts!



Essa foto, publicada no jornal britânico Daily Mail, tem um ano (set./2007) e discute a "magreza" da pop star produzida às custas de dieta macrobiótica e exercício excessivos de pilates e yoga. Segundo a reportagem, esse condicionamento pode estar envelhecendo Madonna ('seca, pálida e com veias saltados') antes do tempo. Eu ainda acrescentaria os 'músculos saltados'.
MAS QUEM SE IMPORTA?! Madonna vem aí!
Depois de 15 anos, ela vai volta ao Brasil com sua turnê mundial Sticky & Sweet e fará as seguintes apresentações:
Rio de Janeiro (Maracanã): 14 de dezembro.
São Paulo (Morumbi): 18 de dezembro -- com largas chances de um replay no dia 20!
Os ingressos, que começarão a ser vendidos em 1º. de setembro para o show do Rio, e 3 de setembro para o show de Sampa, têm um preço razoável, considerando-se tratar-se de Madonna: R$ 160 (arquibancadas) a R$ 600 (pista vip).
Não querendo me gabar, mas já o fazendo (hehehe), dispenso a minha presença neste show, pois lá estava eu no Morumbi em 3 de novembro de 1993, em plena turnê The Girlie Show, pulando de me acabar! (hahaha), quando Madonna e eu estávamos em melhor forma! (ai, que deboche! risos, risos, risos -- quê? 15 anos fazem diferença, meu bem!)
Ainda: em virtude dos 50 anos da cantora, alguns canais de TV por assinatura, muitas publicações e diversos sites fizeram um apanhado da carreira da cantora. Vamos lá conferir:
Linha do tempo MADONNA UOL:
http://musica.uol.com.br/madonna/info.jhtm
Cronologia MADONNA Veja:
http://veja.abril.com.br/cronologia/madonna/index.html
Em tempo:
1. Vale a pena dar uma olhada em todo o especial que UOL preparou sobre a cantora: http://musica.uol.com.br/madonna/

2. Se a cronologia preparada pela Veja não entrar diretamente por esse link, tente na página de abertura da seção Cronologia: www.veja.com.br/cronologia

22 agosto 2008

Prêmio Dardos


Ai que delícia! Mais uma indicação para o meu blog, concedida por Queer Girls (http://queergirls.blogspot.com/).
Gracinha de menina!
Thank you, thanks, thanx!
Para passar o selo adiante, é preciso seguir algumas regrinhas:
"Reconhecer os valores que cada blogueiro mostra a cada dia, seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc. Em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras…".
E três condições:
  1. Aceitar exibir a distinta imagem;
  2. Linkar o blog do qual recebeu o prêmio;
  3. Escolher quinze 15 blogs para entregar o Prêmio Dardos.
Gente... 15? Ai, tô lascada!
Fui checar os blogs que tenho aqui listados ao lado -- e aproveitei pra "dar uma limpa" nos blogs cuja postagem datam, por exemplo, do ano passado. Prometi a mim mesma indicar ao menos um terço do exigido, entretanto, considerando não poder concedê-lo aos que já o receberam, fiquei sem alternativa: meus blogs lés amigos queridos já o receberam! Então...
Well... fica aqui meu baita agradecimento!

20 agosto 2008

Quatro chopps, dois cafés e a conta!


Uma colega mineira, HT, mudou-se para São Paulo e pediu-em dicas de lugares.
Pensar lugares para uma HT não é nada complicado: sou uma freqüentadora da noite e gosto de lugares legais, no que independe estarem dentro ou fora da cena LGBTT (mas confesso que há alguns lugares HT aos quais simplesmente ME RECUSO a ir!).
São Paulo tem muito mais lugares do que os que indiquei a ela, mas ficam estes de referência para tardes ou noites, sozinha ou acompanhada!
Alguns deles eu já citei aqui; outros falta postar (pois merecem).
Incluí os sites pra vocês poderem dar uma olhada nos bares. Só um deles é boteco -- e, confesso, o menos gay friendly; o mais gay friendly é o último nesta lista de bares. Fica também esta dica!

Bar do Léo
http://www.barleo.com.br/
Tradicionalíssimo boteco no centro. Lota demais e fecha cedíssimo. Vá à tarde (sábado é uma boa). Os "moçoilos" freqüentadores do bar são "paqueradores", mas aquele chopp vale qualquer coisa! (hahaha).
Bar do Nico
http://www.baressp.com.br/bardonico
O ambiente é uma delícia. O bar, agradável. Aproveite uma noite fria e tome uma sopa no pão italiano. Se preferir uma noite quente, há mesas ao ar livre. O chopp é bem tirado. Vá acompanhada, pois o bar tem uma estrutura mais voltada para casais (aquela meia-luz...!).
Bar Brahma
http://www.barbrahmasp.com/web
Na mais famosa esquina de São Paulo, eternizada por Caetano em sua célebre canção sobre a cidade, fica o Bar Brahma. O chopp é muito bom. Vá simplesmente por se tratar do Bar Brahma (cuja única filial fica em Curitiba -- ou seja, aqui no Rio estou sem!). E já que estará por lá, peça um Brahma Black e tome em minha homenagem! (risos, risos, risos). Admire a decoração do bar, que é de época. Aliás, aproveitando o assunto "filial de bar" e "decoração de época", indico uma visita ao Salve Jorge do centro da cidade: é lin-do!
Drosophyla

http://www.drosophyla.com.br/
Ambiente descoladérrimo, povo descoladíssimo. Lá estão os moderninhos, os clubbers, o mauricinho com a namorada, a turma de amigos, o casal gay... Tem Drosophyla pra todo mundo! Dá muita gente jovem, mas o bar vale a pena.
Café da Pinacoteca

Pegue aquela tarde de sábado e dê um pulo na Pinacoteca do Estado. Antes de partir, desça até o café. Há mesas na parte externa, que dão para o jardim do Parque da Luz. Aproveite e dê uma esticada ao imperdível Museu da Língua Portuguesa, que fica bem ali do ladinho!
Starbucks

http://www.starbucks.com.br/pt-br
A maior rede mundial de cafeterais escolheu uma única cidade no Brasil para inaugurar sua loja: claro -- só podia ser São Paulo! E só podia ser quando eu não morava mais lá (lágrimas!). Assim, o que sei dele a respeito vem de fontes que considero fidedignas e até mesmo de pessoas que já estiveram nas lojas da rede fora do país: vale a pena! Vá por mim e vá... por mim! E depois me conte! Em tempo: recentemente, foi inaugurada uma filial Starbucks em Campinas -- ou seja, aqui no Rio estou sem! DE NOVO!

10 agosto 2008

I'm so glad that I'm a woman



In the morning when I wake up
As I comb my hair
I can hear my daddy saying
"It's a big big world out there"
While putting on my make-up
His words linger in the air
"Just use the love I gave you
And you can make it anywhere"
I'm so glad that I'm a woman
I know I wouldn't trade
I know I got it made 'cause
We're the life line of mankind
And now is the time for me
Life is such a challenge
Live it day by day
You never know what's gonna happen
A what might come your way
Just stop and think about it
There is nothing we can do
They can't live without us
And we can't live without them too
I'm so glad that I'm a woman
I know I wouldn't trade
I know I got it made 'cause
We're the life line of mankind
And now is my time
Yes, now is my time

09 agosto 2008

Eu gosto de ser mulher


Eu gosto de ser mulher
Sonhar arder de amor
Desde que sou uma menina
De ser feliz ou sofrer
Com quem eu faça calor
Esse querer me ilumina
E eu não quero amor nada de menos
Dispense os jogos desses mais ou menos
Pra quê pequenos vícios,
Se o amor são fogos que se acendem
Sem artifícios?
Eu já quis ser bailarina
São coisas que não esqueço
E continuo ainda a sê-la
Minha vida me alucina
É como um filme que faço
Mas faço melhor ainda
Do que as estrelas
Então eu digo amor, chegue mais perto
E prove ao certo qual é o meu sabor
Ouça meu peito agora
Venha compor uma trilha sonora para o amor
Eu gosto de ser mulher
Que mostra mais o que sente
O lado quente do ser
Que canta mais docemente

("O lado quente do ser" -- Marina Lima/Antônio Cícero, na voz de Maria Bethânia / Imagem: eu e meu Black, no chão do apê, numa sexta-feira outonal)

08 agosto 2008

Ipanema GLS


Nada, não...
Só viajando que quando a Chevrolet lançou o IPANEMA GLS ela nem imaginava o quão significativo esse nome se tornaria.
Hahahaha!
P.S. Aliás, em tempo: "meninos", venham passar o Carnaval no Rio. Isso aqui, no Carnaval, é o PARAÍSO pra vocês! Tem tanto gay lindo, de tudo quanto é nacionalidade nessa Ipanema, que vocês nem podem imaginar...!

06 agosto 2008

De profundis


Fui falar de Arnaldo (vide última postagem), lembrei de Arnaldo.
Mais precisamentem de um texto que li em uma das paredes do Centro Cultural Banco do Brasil durante a exposição Erotica – Os Sentidos na Arte: "De profundis"!
O Buraco do Espelho
o buraco do espelho está fechado
agora eu tenho que ficar aqui
com um olho aberto, outro acordado
no lado de lá onde eu caí
pro lado de cá não tem acesso
mesmo que me chamem pelo nome
mesmo que admitam meu regresso
toda vez que eu vou, a porta some
a janela some na parede
a palavra de água se dissolve
na palavra sede
a boca cede antes de falar, e não se ouve
já tentei dormir a noite inteira
quatro, cinco, seis da madrugada
vou ficar ali nessa cadeira
uma orelha alerta, outra ligada
o buraco do espelho está fechado
agora eu tenho que ficar agora
fui pelo abandono abandonado
aqui dentro do lado de fora
(Imagem: essa foto eu tirei no Carandiru, quando das visitas feitas anteriormente à já então próxima implosão do prédio. O lugar é deprimente, mas valeu muito minha ida até até aquele lugar)

04 agosto 2008

Cada qual com sua rotina


Quando ouvi, parecia Arnaldo Antunes. Cheguei a apostar que era, tamanha a certeza.
Pois não era!
O texto da nova campanha da Natura, "Rotina", é, segundo o blog Pare e Repare Propaganda, puramente publicitário e foi desenvolvido, junto ao conceito "Toda rotina tem sua beleza, descubra a sua", pela agência de comunicação Taterka.
Porra! Parabéns aos publicitários deste país.
Sempre achei a propaganda brasiliera muito boa. Mas essa... se superou!

A idéia é a rotina do papel.
O céu é a rotina do edifício.
O início é a rotina do final.
A escolha é a rotina do gosto.
A rotina do espelho é o oposto.
A rotina do perfume é a lembrança.
O pé é a rotina da dança.
A rotina da garganta é o rock.
A rotina da mão é o toque.
Julieta é a rotina do queijo.
A rotina da boca é o desejo.
Vento é a rotina do assobio.
A rotina da pele é o arrepio.
A rotina do caminho é a direção.
A rotina do destino é a certeza.
Toda rotina tem sua beleza”

P.S.: por que escolhi essa foto para ilustrar este post? Cada qual com sua rotina!

Imagem capt[ur]ada do blog Atuleirus